Magnífica reprodução a bico de pena do meu grande amigo XICO (Francisco Carlos S. da Silva) Arquiteto da UFRGS e Designer Gráfico de primeira, retratando o descanso de carreteiros nas várzeas de Porto Alegre no início do século XX.
.
.

Carreteada Rolantinho-Mascarada/RS 03.08.2013

No dia 03 de agosto de 2013 (Sábado) ocorreu mais uma carreteada, desta vez saindo de Rolantinho, no município de Rolante até Mascarada no município de Riozinho. O trajeto de aproximadamente 20 km, conforme mapa abaixo, foi percorrido a maior parte em estrada de chão batido, margeando inicialmente o Rio Rolante e depois o Rio Mascarada. A iniciativa foi do Sr. Jorge Silveira, empresário e pecuarista da Cidade de Rolante que não mede esforços para realizar este belo evento sócio-cultural.

A concentração em Rolantinho.










Sr. Lindolfo José da Silva, com 88 anos, é o mais antigo carreteiro da comitiva, veio especialmente para relembrar e nos contar muitas histórias dos tempos que carreteava pelas redondezas.




Começa a aventura.




No tranco da carreta, Zoreia (D) escutando atentamente muitas das histórias vividas pelo Sr. Lindolfo (E).


Uma parada para o lanche. 


No caminho, uma das moradoras mostra a Carta de Condutor de Tração Animal de 1939 de seu avó, uma raridade.




Alguns observadores notáveis.


No comando o Sr. Jorge Silveira.


Pelo caminho muitos cemitérios antigos...


Carretas semiabandonadas.


Antiga estufa de fumo.


Paisagens lindíssimas.




Túnel de árvores nativas.


Pontes sobre o Rio Mascarada.



Olha aí eu pegando uma carona com o Sr. Lindolfo.


Na chegada, a recepção dos gaiteiros e muita festa.


Chegada no pouso.




Hora de aliviar a burrada.


Panorama fantástico do Pouso.


Zoreia, Jorge, Lindolfo e outro parceiro que não lembro o nome, numa prosa solta.


Antes de partir, passamos na cascata do Chuvisqueiro. Lugar de rara beleza.




No local, árvores centenárias.


Orquídeas do gênero Beadlea florida.



Sem dúvida é uma região com natureza privilegiada, merecendo uma atenção especial para o turismo rural e ecológico.


Agradeço ao Zoreia e sua esposa Beth pela estada em sua residência, pela amizade e pelas boas risadas na noite de sexta (02/08). 

Veja mais fotos, clicando na imagem abaixo.
Carreteada Rolantinho-Mascarada, RS 03-08-2013


Baita abraço a todos e até a próxima.

16 comentários:

  1. Cousa mais linda essa Carreteada!Obrigada amigo Valter por nos trazer essas maravilhosas fotos!

    ResponderExcluir
  2. deslumbrante e digno trabalho ....contribuição única neste Brasil desmemoriado ...vocês são heróis ....meu caro Valter , veja os meus sites www.restaurantedoocilio.com.br. ou www.ocilioferraz.com.br ou o blog ocilio ferraz , quem sabe poderei participar em sua heroica e pedagógica página ...me honraria muito , abraços e sucessos sempre , do Ocilio Ferraz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Ocílio Ferraz pelas palavras de incentivo.

      Excluir
  3. Olá, Valter!

    Que coisa linda essa lida, esse gosto por preservar esse estilo de vida, me dá vontade de ir numa viagem dessa, ver as paisagens, registrar na retina e também clicar se me deixassem, mas dá uma sensação que essas viagens são festas de meninos?

    Estou errada?
    Meus avós partiram de Bom Retiro, da margem de um rio e por 43 dias em carroças e carretas atravessaram florestas e despenhadeiros, iam para o Alto Uruguai, uma tia minha nasceu no meio da viagem...

    Uma viagem assim seria como visitar uma passagem da história familiar. Mas nunca participei de eventos desse tipo, é só uma saudade do que não aconteceu.

    Parabéns pelo teu trabalho, pela tua paixão e disposição por preservar essa parte de nossa cultura.

    Grande abraço.

    Djine

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Djine pelo comentário e pelas importantes informações de teus avós. Quem sabe na próxima tu vais?

      Excluir
  4. Lindas imagens. Dessa forma vamos regando a árvore das tradições do Sul Brasileiro.

    Abraço

    Silvestre Alves

    ResponderExcluir
  5. Bom dia, amigo VALTER FRAGA NUNES

    Em primeiro lugar, quero parabenizá-lo, por divulgar nossos usos e costumes no Blog Tradição Gaúcha. Olhando o Blog do grande Léo Ribeiro, que leio todos os dias. Pois, ele, além de ser um grande escritor, consagrado compositor, divulga o que é nosso. Então, lendo o Blog do Léo, encontrei: "NO TEMPO DAS PACIENCIOSAS CARRETAS... - Carreteada Rolantinho - Mascarada/RS - 03.08.20013". Li, com toda atenção que merece essa importantíssima matéria. Aí, descobri o teu BLOG TRADIÇÃO GAÚCHA. Li a matéria e gostei muito, desse resgate das carreteadas, que tu fizeste, juntamente com esse gaúcho autêntico Marco Aurélio (Zoreia). Pois o Teixeirinha falava que o pai dele, era carreteiro. O Teixeirinha nasceu na Mascarada. Olhei, o teu mapa, do local e achei importantíssimo, esse teu trabalho. As fotos do local, tudo é histórico, meu amigo! Meus parabéns, por esse teu grande trabalho. Talvez que, o Sr. Lindolfo José da Silva, que está com 88 anos, que tu destacaste, se lembre do Teixeirinha. Se tiveres uma oportunidade, pergunte a ele, sobre o Teixeirinha. Teixeirinha nasceu ali, em 3 de março de 1927. Se fosse vivo, estaria com 86 anos. Quando eu pesquisei sobre o Teixeirinha, na década de 1990, eu me vali de informações de pessoas, de Rolante, Taquara, Riozinho, Parobé, Santo Antonio da Patrulha e outras cidades. (Dados que estão no meu livro TEIXEIRINHA, O Gaúcho Coração do Rio Grande, EST Edições / Fundação Vítor Mateus Teixeira, 2007.
    Mais uma vez, meu amigo, eu te parabenizo, por esse grande trabalho, no Blog Tradição Gaúcha. É disso que precisamos, para manter nossa História, nossas Tradições, com matérias que valorizem o que é nosso.

    Abraços
    Israel Lopes
    Advogado e Pesquisador da Música Regional.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Israel Lopes,
      Agradeço muito todos os comentários sobre a postagem da “Carreteada Rolantinho-Mascarada” . Tento sempre mostrar e registrar os eventos que tenham relações com nossas raízes e que são pouco divulgados pelas mídias. O tropeirismo, as tropas de carretas e as carreteadas são o foco principal de minhas pesquisas, pois acredito que tudo começou a tomar formato no RS, com as atividades destas pessoas que interligavam de certa forma, os povoados que iniciaram a colonização e a economia gaúcha. Evidentemente que os estancieiros, sesmeiros, tinham importância fundamental na produção primária, mas quem transportava isso tudo era os carreteiros e tropeiros pelo Estado a fora e muitas vezes para além-fronteiras do RS. Estamos programando (eu e o Zoreia) entrevistas com vários carreteiros, tropeiros e descendentes da região, para um diagnóstico das atividades destes ofícios no século passado, antes que se perca estas informações orais. Entre eles está o Sr. Lindolfo e se o Senhor souber de alguém que se lembre destas atividades, por favor, nos comunique o contato.
      Teixeirinha foi sem dúvida, um grande divulgador de nossas tradições e pouca gente sabe de onde ele é, seu livro é uma homenagem merecida a ele. Parabéns.
      Convido o Senhor para visitar outras postagens no meu blog, verás 2 carreteadas de Gravataí, mais um pouso durante o Rodeio do Mercosul. Outras carreteadas feitas em Taquara, Rolante e Viamão. Além disso, tem muitas tropeadas pelo RS e fora também.

      Um baita abraço

      Excluir
  6. Caro amigo Valter, gostaria de agradecer sua presença na Carreteada Rolante/Mascarada.Você fez um excelente trabalho, por não deixar em branco esse evento e principalmente por valorizar nossa tradição gaúcha através de seu blog.
    Volte sempre em nossa cidade.

    Atenciosamente, Jorge Silveira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado meu amigo Jorge pela recepção e sempre que possível estarei para registrar eventos que dizem respeito as nossas raízes.
      Baita abraço.

      Excluir
  7. Oi Valter, que bom que vocês se encontraram, me refiro a ti e ao Jorge Silveira, que é meu irmão, e é um BAITA cara. Ele que incentiva e promove estas carreteadas com a força da paixão, com a lucidez da razão e com o comprometimento do amor. Garimpando pessoas, amigos e razões para se juntarem numa carreteada que ganha força de evento, pois é isso mesmo o que é. Resgate histórico e realidade, vida de trabalhadores rurais. Parabéns para vocês, Jorge, Valter e a todos os participantes e colaboradores das carreteadas. SAÚDE. Miriam E. P. Silveira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Miriam pelas palavras de incetivo, mas o principal nome nesse evento é o do Sr. Jorge Silveira que se envolve de corpo e alma para realizar um belo evento histórico-cultural.
      Um baita abraço

      Excluir
  8. Parabéns pelas lindíssimas fotos.

    ResponderExcluir
  9. Valter e companheiros de empreitada,parabéns e infinitas conquistas, assim manteremos sempre acesa as chamas de nossa cultura tropeira e desbravadora.Mais uma vez CONQUISTAS.
    Acacio Miranda da Silva`- Associacào Tropeirismo Raiz de Porangaba-Os birivas- Estado de São Paulo

    ResponderExcluir
  10. Boa tarde Valter,
    Primeiramente parabéns pelas fotos. Fiquei sabendo delas através do meu avô, o Srº Lindolfo, que também participou do evento, tentei salvar as fotos que você postou, mas a resolução está baixa, seria possível me encaminhar algumas das fotos que ele aparece, para que eu possa imprimir? Ele ficará muito feliz em tê-las. Segue meu e-mail: anaclah@bol.com.br. Desde já agradeço. Ana

    ResponderExcluir